Recentes

Vasco negocia com a Prefeitura do Rio de Janeiro a reforma de São Januário

Perto de firmar acordo com a 777 Partners, o Vasco tem planos para o estádio em um futuro próximo. De acordo com o “Globo Esporte”, o clube tem negociações avançadas com a Prefeitura do Rio de Janeiro para receber o potencial construtivo referente ao complexo de São Januário.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

As receitas seriam usadas para reforma, modernização e ampliação da capacidade para 40 mil torcedores. As conversas com o prefeito Eduardo Paes começaram em janeiro, porém nos últimos meses deram passos importantes. A expectativa é que um novo encontro ocorra ainda em agosto e conclua o acordo definitivo.

O Vasco já tem uma ideia de como pretende fazer a reforma de São Januário, mas o investimento vai depender dos recursos arrecadados com potencial construtivo, em caso de acordo com a Prefeitura. O projeto que o clube tem como base foi desenvolvido pela WTorre, na gestão do ex-presidente Alexandre Campello, realizado pelo arquiteto Sérgio Dias. A capacidade seria para até 43 mil torcedores.

A justificativa é que o estádio não comporta mais sua torcida. Nos jogos recentes, os ingressos se esgotaram em poucas horas, mesmo com o time na Série B. Contra a Chapecoense, por exemplo, apenas três categorias de sócios-torcedores conseguiram adquirir entradas. Cerca de 30 mil sócios não tiveram a oportunidade de comprar ingressos.

No entanto, um dos pedidos dos dirigentes junto à Prefeitura é que, mesmo com a eventual reforma, seja mantida a fachada histórica de São Januário. O clube também não quer perder o “espírito Barreira do Vasco” e planeja um projeto que integre o estádio com as redondezas, de acordo com o “Globo Esporte”.

Veja fotos do projeto:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

*Com informações do 365 Scores

Nenhum comentário