Recentes

Fortaleza vence Atlético Goianiense e deixa a lanterna do Brasileiro

O Fortaleza não é mais o lanterna do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, o Leão do Pici foi até Goiânia para encarar o Atlético Goianiense, em confronto direto na luta contra o Z4, e, com gol de Moisés, venceu por 1 a 0. 

Foto: Divulgação/Fortaleza

Com o resultado, o time comandado por Juan Vojvoda chega a 14 pontos, ultrapassa o Juventude e deixa a lanterna do Brasileirão. Do outro lado, Dragão, com 17, também segue no Z4, no 18º posto. 

Dragão é melhor, mas não marca 

Empurrado por seu torcedor, o Atlético Goianiense chegou com perigo antes mesmo do primeiro giro no relógio. Após boa enfiada de bola, Churín tentou na área, mas acabou se chocando com Fernando Miguel.  

Com a bola no chão, o Dragão dominou as ações e não ofereceu nenhum tipo de espaço ao Fortaleza, que, desorganizado, sequer ofereceu algum risco para a meta defendida pelo goleiro Ronaldo. 

Aos 25, Jorginho buscou um golaço de voleio, mas não executou bem o movimento e mandou por cima. Pouco depois, o mesmo Jorginho aproveitou falha de Ceballos e serviu Wellington Rato, que também não acertou a pontaria. 

Pouco eficiente nas construções próximas da área tricolor, o Dragão passou a ameaçar em chutes de média e longa distância. No melhor deles, aos 38, Marlon Freitas colocou no cantinho, mas Fernando Miguel foi buscar. 

Moisés traz o alívio 

Inofensivo na primeira etapa, o Leão do Pici quase surpreendeu na volta do intervalo. Logo aos dois, após rápido contra-ataque, Matheus Vargas recebeu bela enfiada, avançou na direção da área, mas viu Ronaldo se esticar todo pra interceptar a jogada. A resposta rubro-negra foi imediata. 

Flertando com uma pintura, Wellington Rato esbanjou recurso, aplicou um chapéu no adversário e emendou um chutaço, que carimbou o travessão. Quase um gol de placa em Goiânia! Mesmo sem conseguir assumir o controle das ações, o Tricolor Cearense conseguiu ser mais incisivo com a bola nos pés. 

Aos 20, após cobrança de escanteio, aproveitou sobra e soltou uma bomba, obrigando Ronaldo a fazer uma excelente defesa. O Dragão tentou responder, mas acabou oferecendo o contragolpe para os visitantes. Foi fatal. Aos 29, após bobeada rubro-negra na saída de bola, Moisés foi acionado pela esquerda, invadiu a área e bateu na saída de Ronaldo, garantindo a vitória do Fortaleza.

*Com informações de ogol.com.br

Nenhum comentário